Mensagens de Vida

ENDEREÇO:
Av. Júlio de Castilhos, 784
Centro - Veranópolis - RS
CEP 95330-000
CONTATO:
administracao@clinicansl.com.br
(54) 3441-9500
(54) 3441-9530
Dicas de Saúde
Alto consumo de refrigerante diet pode levar a maior obesidade abdominal em adultos mais velhos

O refrigerante diet é muito popular, pois é visto como uma alternativa mais saudável aos refrigerantes que contêm açúcar, embora isso tenha sido contestado por muitos estudos. Um outro novo estudo, publicado na revista "Journal of the American Geriatric Society", afirma que o aumento da ingestão de refrigerante diet está diretamente ligado a maior obesidade abdominal em adultos com 65 anos de idade ou mais.

Para o estudo, pesquisadores da Universidade do Texas admitiram no início 749 americanos de origem mexicana e europeia com idade de 65 anos ou mais. O consumo de refrigerante diet, circunferência da cintura, altura e peso foram medidos, e em três acompanhamentos em um total de 9,4 anos de acompanhamento. No terceiro acompanhamento e no final havia 375 participantes vivos.

Os achados indicam que o aumento da circunferência da cintura entre as pessoas que bebem refrigerante diet, segundo o intervalo de acompanhamento, foi quase o triplo do que entre aquelas não consumidoras: 2,11 cm versus 0,77 cm, respectivamente. Após ajuste para diversos possíveis fatores de confusão, o intervalo dos aumentos da circunferência da cintura foi de 0,77 cm para não usuários, 1,76 cm para usuários ocasionais e 3,04 cm para usuários diários. Isso significa um aumento da circunferência da cintura em 2,04 cm para não usuários, 4,67 cm para usuários ocasionais e 8,06 cm para usuários diários em relação a um período de acompanhamento de 9,4 anos no total.

"O estudo SALSA mostra que a crescente ingestão de refrigerante diet estava associada ao aumento da obesidade abdominal, o que pode aumentar o risco cardiometabólico em adultos idosos", disse a autora do estudo, Sharon Fowler. Os autores recomendam que pessoas mais velhas que bebem refrigerante diet diariamente devem tentar conter o consumo de bebidas adoçadas artificialmente.

Referências
JAMA - Journal of the American Geriatrics Society (abstract) – Notícias Médicas.
Fonte: www.univadis.com.br/medical-news - Acesso em 29/03/2015.

ENDEREÇO:
Av. Júlio de Castilhos, 784
Centro - Veranópolis - RS
CEP 95330-000
CONTATO:
administracao@clinicansl.com.br
54) 3441-9500
54) 3441-9530
© 2017Clínica Nossa Senhora de Lourdes